Tratamento Integrativo da Dor

A dor é um dos sintomas mais frequentes nos consultórios, postos de saúde e emergências. Certamente, a presença de dor em qualquer região do nosso corpo não passa despercebida. Vamos driblando a situação com analgésicos simples o máximo possível, até que um dia não dá mais. Então, finalmente decidimos ir ao médico, e avaliar o que está acontecendo de fato.

Todos nós, em algum momento da vida, teremos pelo menos um episódio de dor.

A dor é um fenômeno complexo, que não envolve apenas “dor física”, mas uma experiência sensorial ou emocional desagradável associada a lesão tecidular, real ou potencial, ou descrita em termos de tal lesão” (IASP, 1994).

Ou seja, dor não vem apenas de uma lesão física; ela também pode se manifestar quando antecipamos uma outra dor já vivida no passado, ou vivida frequentemente. E tudo o que se sente em relação a essa antecipação, como angústia, medo de piora, ansiedade, dentre outros sintomas. 

Sendo um fenômeno complexo, o tratamento da dor também envolve um cuidado integrativo, com abordagens medicamentosas e não medicamentosas. Orientações de mudança do estilo de vida, proposições terapêuticas a curto, médio e longo prazo. 

Sua dor, qualquer que seja, pode ser acolhida.